A Fraude por Detrás dos Anúncios de Emprego!

Viva Leitores! 

E hoje o post é de opinião e o assunto é sério! Falo-vos da Fraude por detrás das centenas de anúncios de emprego em vários sites de emprego, um negócio que rende milhares à nossa custa! 


Quantas vezes já se perguntaram por que razão enviam dezenas (ou talvez centenas) de curriculuns (curricula) e nem sequer obtêm uma única resposta? 

Obviamente poderão pensar na razão mais óbvia: não me consegui destacar no meio de 1000 candidatos! Pois bem, saibam que essa não é a única razão! 


Existem centenas de ofertas de emprego que são falsas! Como assim? - Perguntam vocês. 

Primeiro, convido-vos a assistirem a esta reportagem da RTP1 (Here - deixem passar a publicidade até começar a reportagem), tem apenas 2 minutos e pouco e ficam a perceber melhor do que vos falo. 



anúncios de emprego que servem apenas para constituir bases de dados que são vendidas a agências de recrutamento de pessoal. Isto permite às empresas avaliarem o volume da procura (se há muitos candidatos de uma determina área) e, assim, diminuírem salários. 

Vejam a reportagem da RTP. Direitos de imagem pertencentes à respectiva marca/canal. Se de alguma forma esta imagem  violar algum direito, por favor, entre em contacto com a autora deste blog, para que a mesma seja removida. 

A outra vertente deste lado oculto, um oculto à vista de todos, inclusive governantes que fecham os olhos, porque lhes é conveniente, reside nas [falsas] ofertas de emprego que servem para ocupar espaço publicitário, espaço esse que é comprado pelas centrais de compras de espaço. 

E o que é isto? Já repararam que todos os sites de emprego têm publicidade? E ela vai até de encontro aos nossos interesses (é para isso que servem os algoritmos)...encontra-se do lado esquerdo, do lado direito ,entre ofertas de emprego, etc.  

Imagem apenas e somente exemplificativa- Publicidade em cima e do lado esquerdo. Não faço ideia se estas ofertas são verdadeiras. A imagem é apenas exemplificativa. 

Se não houvesse ofertas de emprego publicadas nestes sites, ninguém os consultaria, assim, existem milhares de ofertas (falsas) que permitem milhares de visitas (por parte de quem anda à procura de  trabalho) e, por conseguinte, milhares de visualizações dessas publicidades. Digam lá que não é uma forma de publicitar inteligente? 

Imagem apenas exemplificativa. Aqui mais contida e surge-nos do lado direito

À primeira vista, enfim, pode parecer uma forma inteligente! As empresas publicitam-se a elas próprias com a criação de [falsas] ofertas de emprego e, simultaneamente, criam espaço publicitário (a tal publicidade que está subtilmente do lado esquerdo, direito, ao centro, etc.) para que outras empresas se publicitem nos sites de emprego. 
Imagem exemplificativa. Neste site de emprego, a publicidade é mais moderada...ainda assim está logo no topo! 

O que mais me custa: Saber que a maioria das pessoas não tem este conhecimento (logo, nada exigem) e saber que os nossos governantes nada fazem para parar esta burla no mercado de trabalho. A situação vem desde 2013 e mantém-se... cerca de 90% das ofertas de emprego são falsas (como menciona na reportagem). Como podemos nós confiar nas empresas e nos anúncios? 


E as empresas? Ainda não se deram conta de que estão a comunicar uma péssima imagem delas próprias? E estão a denegrir a  imagem de outras (daquelas que têm uma boa postura). É assim que querem crescimento? É assim que são as melhores empresas no seu sector de actividade, como tantas vezes vimos escrito nos anúncios? 


Haja paciência para tamanha hipocrisia! E  haja, por amor da Santa, pessoas com sentido crítico e atento a estas situações! Não basta nos queixarmos que não há emprego...é preciso termos consciência do que se passa- à vista de todos - no mercado de trabalho. Só assim poderemos exigir mais justiça. 

E desse lado? Sabiam destas situações? Nunca acharam estranho enviarem centenas de curriculuns e não obterem nem uma única resposta? 

 Beijinhos e resto de uma boa semana...neste mundo tão louco! 💗





Nota: Este post não pretende de forma alguma denegrir os sites de emprego. Se eles têm ofertas de emprego falsas é porque o nosso sistema político e judicial o permite, assim, como todos nós. Se as regras que existem não são suficientes para combater esta burla, não é culpa de nenhum site de emprego. É preciso legislar e fiscalizar...não havendo nem uma coisa, nem outra... não há culpados...apenas proveito para alguns! 


Share:

14 comentários

  1. Já conhecia a reportagem mas é realmente muito triste saber que isto existe mas ninguem faz nem quer fazer nada.
    Beijinhos.

    misscokette.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miss Cokette,
      E tu que és uma "mulher das leis"...não há realmente legislação que regule esta burla? Onde andam os governantes deste país? E o que querem eles (e nós) para Portugal? Enfim...só questões...respostas tenho poucas! :(
      Beijinho linda! <3

      Eliminar
  2. Estou chocada Elisabeth! Realmente isto (não sei como ) passou-me ao lado. Por norma acompanho este tipo de assuntos. Isto é muito grave! E como tu dizes, a maioria das pessoas desconhece tais factos.
    Excelente, excelente post.
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elisa,
      Muita gente não sabe, porque é um assunto que se tenta "abafar", tal é a rede de interesses envolvidos. Mas é uma tristeza! :(
      Beijinho linda. <3

      Eliminar
  3. Para ser sincera, nem acredito nisto! Acho ridículo que isto seja sequer permitido. A ideia de existirem anúncios falsos para dinamizar ainda mais o site é horrível...

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cátia,
      É muito mais grave do que isso! É uma rede de interesses com múltiplas ramificações! Só quem procura trabalho todos os dias, há vários anos se apercebe que as ofertas de emprego são sempre das mesmas empresas...ninguém demora 3, 4, 5 anos a fazer um processo de recrutamento... Os sites fazem o que lhes é permitido, portanto, não os considero culpados...só fazem porque é consentido. Dinamiza não só site... cria espaços publicitários! :(
      Beijinho. <3

      Eliminar
  4. Quando menos esperares, eu acredito que tu irás encontrar um trabalho que te realize a 100%! Por enquanto exprimenta!
    Não tinha a noção desta situação! Obrigada por partilhares!

    http://photographybyvania.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vânia A.,
      Deus te ouça! <3 Mas há um longo caminho a percorrer no que toca à mentalidade dos recrutadores...pelo menos de alguns! ;)
      Só a partilha nos permite evoluir e aprender uns com os outros! :)
      Beijinho linda.

      Eliminar
  5. Não vi a reportagem mas tinha consciência disso, talvez não de uma forma tão agravada! É tão triste, mas tão triste! Gozam com quem procura trabalho.....e apenas para benefício próprio!

    Beijinho grande <3
    http://demantanosofa.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carla,
      Verdade! Esta burla no mercado de trabalho dá cabo dos meus nervos! :(
      Eu própria já fiz dezenas de denúncias às entidades supostamente competentes e não há meio de terem mão nesta burla.
      Beijinho. <3

      Eliminar
    2. E as denúncias não deram em nada?

      Mas ao que este país chegou :(

      Beijinho <3

      Eliminar
    3. Carla,
      É complicado... o Tribunal de Trabalho tem uma postura de desresponsabilização, o Provedor não é do âmbito das suas competências, da classe política (porque escrevi para todos os grupos parlamentares) apenas me chegaram respostas do PCP e do Bloco Esq. e são respostas "publicitárias" ao seu próprio partido (como se tivessem em campanha eleitoral) e depois a Associação de Pessoas...aquela que regista as ocorrências e que tem feito algo (porque tem poder de Associação/Comunidade). Mas é tudo muito complexo...são respostas longas, extensas, com linguagem jurídica (não é um problema, mas chateia andar de decreto em decreto)...enfim... ainda assim... continuo de órgão em órgão...algum há-de ser responsável. Falta a força da união para se conseguir fazer alguma coisa neste país...enfim...
      Beijinho.

      Eliminar
    4. É completamente surreal! Quando se tenta fazer algo, existe uma barreira praticamente intransponível! :(

      Eliminar
    5. Carla,
      É mesmo surreal! Exigir um direito, quando não se tem nome (ou renome), é como se não houvesse justiça.
      Beijinho.

      Eliminar

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário! São os vossos comentários que movem este blog! As respostas serão dadas por aqui! Voltem sempre!