Pensamentos...apenas pensamentos...

By Elisabeth Rodriguez - 20.2.16

O Pensamento é o único lugar onde ainda estamos seguros, onde a nossa loucura é permitida e todos os nossos actos são inocentes, onde a liberdade não tem limites ou barreiras (acrescento!).

Desde cedo que aprendi a não pedir nada... apercebi-me de que não havia condições nem circunstâncias para tal. E por isso cresci com a certeza de que teria de ser eu «para tudo», isto é, se queres, então,  faz por acontecer...sempre o fiz. Ganhei, por isso, o privilégio de saber o que são sacrifícios! Sim, saber o que são sacrifícios é um real privilégio! 

Muito antes de ler Confúcio já sabia que nada poderia esperar dos outros ou, pelo menos, esperar algo de forma desinteressada. 

É a primeira vez que ouso pedir algo. É a primeira vez que ando em círculos...que não encontro saída...a dita luz ao fundo do túnel. Ajudas? Nenhumas! Mas também, lá está, nunca as esperei! Muito menos num momento em que a maioria das pessoas se tornaram treinadores de bancada e juízes de facebook...a saber pouco ou nada dos casos da vida alheia e, no entanto, nunca assisti a tamanho individualismo. 

O que peço depende de mim? Sim, depende de mim, mas, neste caso em particular, depende muito mais dos outros, depende de pessoas que se "maquinizaram", depende de uma abertura de mentalidades, esta da responsabilidade de todos...depende, portanto, de todos. 

Estranhamente o vento continua a não soprar a meu favor! Que não saiba por que caminho seguir? Não, sei bem o caminho que quero seguir; sei-o tão bem como o sabia em criança quando nada podia pedir.
Para quando então? Para quando?...


  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Identifiquei-me completamente!
    Também nunca pedi nada a ninguém, assim a vida me incutiu de fazer pelas próprias mãos se eu quisesse mas também sempre fiz muito aquilo que os outros queriam, ou seja, nunca pedi mas sempre tive quem me fizesse muitos pedidos...
    Beijinhos*
    http://catarinaspublicdiary.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais, obrigada pela visita Catarina Silva.
      Engraçado alguém dizer que "se identifica", porque, por vezes, estamos estão desiludidos, desapontados com certos problemas que achamos que só nós é que passamos por eles...apesar de tudo, esforço-me por acreditar que dias melhores virão...acredita também Catarina!

      Eliminar

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário! São os vossos comentários que movem este blog! As respostas serão dadas por aqui! Voltem sempre!