Eisenberg Creme fluído hidratante - Primeiras impressões

By Elisabeth Rodriguez - 8.1.16

Olá Leitores!

Já faz algum tempo que tinha guardada uma amostra de um creme hidratante da EISENBERG e nunca a tinha experimentado. Salvo erro, foi-me oferecida pela "Perfumes & Companhia", aquando de uma compra. 
Também já tinha ouvido falar da marca como sendo uma marca de excelência/top da cosmética parisiense (embora o criador seja Italiano).

Pois bem, comecei a usá-la há três dias.

Eis o que prometeRegenerar, energizar, oxigenar a pele. Sob o lema da sua fórmula Trio-Molecular, com Enzimas (regeneram a pele) - Citoquinas (dão vitalidade e energia à pele) - Biostimulinas (oxigenam a pele). Também contém Ácido Hialurónico para  hidratar e evitar o envelhecimento precoce da pele. Combate os efeitos nocivos dos radicais livres e a secura, além de se assumir como uma excelente base para a aplicação posterior da maquilhagem. Proporciona protecção solar e é indicado para todos os tipos de pele. 

Eis a minha opinião: Não fiquei propriamente maravilhada! Achei um creme hidratante à semelhança de muitos outros, de outras marcas, existentes no mercado. Não posso dizer que se trate de um "mau creme". Não é isso! É que...para marcas consideradas de excelência, esperamos resultados de excelência, surpreendentes, sabem? 

Sim, hidrata a pele, mas quando aplico à noite, de manhã, quando acordo, tenho a pele toda oleosa (ele não sustém a oleosidade), passo a mão no rosto e a minha mão vem toda brilhante, não gosto da sensação. 
No entanto, acordo com a pele do rosto mais descansada, mais "branca", mais homogénea, por isso, comprova-se que, de facto, energiza a pele e dá-lhe uma nova vitalidade. Este aspecto, gosto bastante! 


Quanto a rugas, não vos sei dizer se as diminui de alguma forma, devido ao ácido hialurónico, porque ainda não sofro desse mal...um dos poucos benefícios da pele oleosa é não desenvolver rugas tão cedo! Haja alguma coisa para animar, porque tratar de pele oleosa exige um controlo diário e uma aprendizagem constante (também uma boa dose de paciência!). 

A questão é: se tenho outros cremes à venda no mercado que fazem o mesmo, por um valor mais em conta, por que razão irei usar um outro que é mais dispendioso? 

Antes de começar a usar esta amostra, para fazer esta review, estava a fazer a minha rotina diária, como tal, o meu creme hidratante (normalmente) é da linha da La Roche-Posay "Effaclar Mat". É certo que talvez não sinta a pele com aquele aspecto de "vitalidade/energia", mas a verdade é que me controla a oleosidade, hidrata e também me deixa a pele mais homogénea, sendo o preço mais acessível.


Sim, os preços dos cremes da Eisenberg são de fugir...são cremes para uma classe social com poder de compra. Este até não é dos mais caros...ronda os 53€, mas a grande maioria dos cremes da marca Eisenberg ronda os 120€ - 140€. 
Quando se tem poder de compra, 140€ assume a mesma importância que, para mim, assume 10€ ou 15€...ou seja, tem tanto valor, para mim, 15€ como tem para alguém com poder de compra 140€...se os cremes merecerem este valor...não vejo por que razão, quem os possa comprar, não os compre! Em relação ao creme específico desta review, não o compraria, porque conheço outros mais adequados à minha pele (com que a minha pele se dá melhor!), por um valor mais em conta. No entanto, não posso dizer que seja uma má escolha! Depende de como a vossa pele reaja e das possibilidades da vossa carteira! 

Segredo: Em cada aplicação (de manhã/noite) Não devemos usar uma quantidade superior ao tamanho de uma ervilha. Esta quantidade é suficiente para hidratar todo o rosto(salvo problemas muito concretos!).


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário! São os vossos comentários que movem este blog! As respostas serão dadas por aqui! Voltem sempre!