Retrospectivas...

By Elisabeth Rodriguez - 31.12.15

Olá leitores...

Deixo-vos um post retrospectivo e introspectivo.
Muitas são as questões que ficam por responder...muitos são os sonhos e anseios que ficam por cumprir. Por falta de iniciativa, de luta, de correr atrás? NÃO! Apenas porque não tinha, não teve de acontecer. É, pois, a única razão que encontro para nada ter acontecido, nada do que realmente ambicionava e tanto desejava.


Isto foi o que aprendi em 2015. Que, por vezes, por muito que lutemos e corramos atrás...nada acontece...tudo tem o seu tempo, um tempo que não é o mesmo que o meu, um tempo com o qual estou sempre em contra-mão. Um tempo que quando for o tempo, para mim, poderá ser tarde, demasiado tarde. 
Ainda assim, sobrevivo ao tempo, embora não saiba por quanto tempo mais! 

Se todos os nossos problemas ficassem perdidos nos anos que deixamos ficar para trás, teria, certamente, todo o tempo do mundo para ser feliz. 

Contudo, o maldito tempo deu-me a maturidade necessária para saber de cor...que os anos não apagam problemas, nem nos fazem esquecer as nossas mais profundas mágoas. 

É por isso que peço ao tempo: a sabedoria necessária para lidar com ele, para esperar, mas não desesperar, para aceitar tudo o que não consigo mudar e mudar - sobretudo em mim - o que tem de ser mudado. 

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário! São os vossos comentários que movem este blog! As respostas serão dadas por aqui! Voltem sempre!